quinta-feira, 4 de novembro de 2021

Circuito Temiminó e Ilha do Pontal

Por Leandro do Carmo

Circuito Temiminó e Ilha do Pontal 

Dia: 02/08/2020 

Local: PARNIT 

Participantes: Leandro do Carmo, Leonardo Carmo, Carina Malazzi, Monika Akemi e Lando Mendonça



Como a maioria das UC’s estão fechadas, estou aproveitando para refazer diversas trilhas no PARNIT e dar continuidade ao projeto de filmar com drone alguns dos melhores mirantes do PARNIT. O caminho de hoje seria fazer o Circuito Temiminó e filmar o Mirante Sirkis e depois descer pela trilha que abri com o Rafael, no ano passado, que sai no antigo canteiro de obras usado na construção do Túnel Charitas x Cafubá, para então chegar à Ilha do Pontal.


Fomos em dois carros e um ficou na entrada da trilha da Ilha do Pontal, assim na volta, teríamos um para buscar o outro que deixaríamos lá em cima, próximo ao Posto da Guarda Ambiental. E assim seguimos para o início da trilha. Descemos a estradinha ao lado do Posto, que leva ao Sítio Aldeia e entramos no pórtico de pedras. Dali fomos até a Trilha Colonial, onde iniciamos a descida até a Ponte de Pedra, onde demos uma parada rápida para fotos.


Agora, entraríamos no Circuito Temiminó, trilha que abri há um tempo com o Blanco, Rafael Faria e os irmãos Gustavo e Leonardo Chicayban. Subimos um pouco e fomos andando. A trilha já se encontra bem definida. Logo chegamos no Mirante das Orquídeas, onde há alguns dias aconteceu um incêndio. O local foi bem afetado e se não fosse esse caminho aberto, Seria impossível chegar lá para combater o fogo. Fiz algumas imagens com o drone e seguimos para o Mirante Sirkis, onde paramos para mais uma tomada aérea.


O Mirante Sirkis foi um achado fantástico. Um mirante bem amplo e confortável. Depois de fazer mais alguns vídeos, continuamos a caminhada e passamos por diversos pontos bonitos do circuito. Após o lance de corda, andamos mais um pouco e chegamos no ponto onde descemos em direção ao Cafubá. O caminho segue bem aberto e vai estreitando até virar uma picada que segue descendo até chegar à uns grandes blocos de pedra, onde pegamos para a esquerda e logo depois pegamos a direita de um grande blog e seguimos até a cerca, onde passamos e entramos no antigo canteiro de obras do Túnel Charitas x Cafubá.


Seguimos agora para a Ilha do Pontal. Entramos na rua Dr. Mario Souto e fomos até o final dela, onde atravessamos um bonita ponte de madeira. Quando fiz essa trilha pela primeira vez em 2015, a entrada era por outra rua e no lugar dessa ponte, existiam algumas madeiras que balançava bastante. Andamos rápido e logo chegamos ao nosso destino. O caminho está muito bem cuidado. Um bom exemplo para outros locais. Dei uma andada por lá e depois de descansar um pouco, seguimos o caminho de volta. Uma excelente manhã e uma ótima opção de caminhada no PARNIT.
















 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui.