segunda-feira, 30 de maio de 2016

Guia de Trilhas de Niterói e Maricá: Décimo oitavo dia, a bela Pedra do Macaco e as Grutas do Spar

Por Leandro do Carmo 

Guia de Trilhas de Niterói e Maricá

Pedra do Macaco e Gruta do Spar

Data: 24/01/2016
Participantes: Leandro do Carmo e Ary Carlos


Falei com o Ary no sábado a noite sobre a possibilidade de irmos à Maricá novamente. Minha ideia era fazer a Pedra do Macaco, Grutas do Spar e Morro do Catumbi. Combinamos de nos encontrar, às 8h, na primeira entrada para Itaipuaçú, em Inoã. Seguimos para São José de Imbassaí e entramos na trilha. O começo estava com tanto mosquito que tivemos que dar uma corrida para não termos que fazer transfusão de sangue ao final da trilha!

Estava tudo bem molhado e tivemos que passar com cuidado em algumas lajes, pois estava escorregadio. Chegamos no lance onde tem uma corda fixa e subimos até que a as árvores foram dando lugar a um grande capinzal. Mais a frente já podíamos ver o cume. Seguimos subindo até que chegamos àbela formação rochosa, que se olhada da RJ 104 parece que foi esculpida... Desde criança passo por ali e sempre tive a vontade de estar ali em cima... Não sei porque demorei tanto... Mas enfim realizei esse sonho!

Pegamos o caminho de volta, pois ainda tínhamos mais uma trilha a percorrer. Seguimos até a pracinha que fica próximo a Capela de São João Batista. Quando chegamos lá, tinha tanta gente que foi difícil acreditar que todos iriam para as grutas. Apertamos o passo, pois se não ficaríamos no final da fila...

Nem adiantou muito, já tinha mais gente lá na frente e não teve jeito, fomos em fila indiana até que conseguimos ir passando alguns no meio do caminho. Mais acima, passamos bem ao lado da pedreira que vemos lá da estradae que forma um permanente cicatriz na bela floresta da Serra do Calaboca. Na grande curva acentuada, vimos uma saída e seguimos até a entrada da primeira gruta. O chão estava molhado e seguimos por esse túnel que dá acesso a outras galerias. A lanterna foi fundamental. Ainda bem que o Ary levou a dele, pois a minha havia ficado com o meu irmão.

Andamos bastante por entre os grandes salões e algumas passagens bem estreitas. Depois de explorados os salões, seguimos de volta por outro caminho até que chegamos novamente na entrada da primeira gruta. Descemos até chegar novamente à praça. Pretendíamos ir ao Morro do Catumbi, mas essa vai ficar para a próxima...


Valeu pessoal!

Cume da Pedra do Macaco

Pequeno Lance de Corda Fixa

Pedra de Inoã ao Fundo

Um dos pequenos lagos na Gruta do Spar

Gruta do Spar



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui.