sábado, 26 de setembro de 2015

BTBW na Estrada - Projeto Nordeste - Do km 3.925 ao 4.564.

Amanhecemos em Aracati, com o vento soprando sem cessar, indicando que era nossa hora de contribuir para que esses bons ventos continuem. O dia amanheceu muito bonito, e muito quente. Tocamos para Fortaleza, onde queríamos desfrutar de um coco na orla dessa cidade que é forte até no nome. Hidratados e felizes em ver a beleza dessa importante capital, tocamos para o Piauí pela rodovia CE-085. Quando definimos o trajeto desse projeto, já imaginávamos como seria bonito pegar uma estrada à tarde, no sentido sudoeste. As expectativas se superaram, foi magnífico. Recomendamos a CE-085 a todos os estradeiros, preferencialmente à tarde. Mas toda a atenção é necessária, é uma pista que oferece possibilidade de grandes velocidades, grande incidência de ventos e, infelizmente, um grande número de vidas ceifadas, como se pode visualizar pelas dezenas de lembranças dos que ali ficaram. A estrada cobra seu preço, sempre atentos.
Atravessamos mais uma divisa de estrado Ceará - Piauí, jogando a âncora na cidade Cajueiro da Praia, em uma colônia de pescadores chamada Barrinha. Chegamos à noite e ainda não foi possível ver toda a beleza do lugar, mas já percebemos que é um paraíso, com gente boa e bons ventos, amanhã contaremos mais sobre esse lugar especial. Ficamos sabendo que o cajueiro que dá nome à cidade pode ser o maior do mundo (hoje um cajueiro de Natal - RN é considerado o maior). Se é maior não sabemos, mas vamos conferir amanhã se o caju é bom :-)

Com isso, concluímos  o décimo segundo dia do projeto, completando 4.564 no total (639 km no dia, nosso recorde). Um belo dia de estrada, uma estrada dourada, só poderia ser o Ceará, só poderia ser o Nordeste. Cada dia gostamos mais do Nordeste.

Km 4.564.

É isso.

Vamos fazer vento?

 

 











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui.